Prefeitura implementa sistema de prontuário eletrônico na Rede Municipal de Saúde

0

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, implantou o e-SUS Atenção Básica (AB), sistema de prontuários eletrônicos que substitui o processo das fichas convencionais. No município de Águas Vermelhas, todas as Unidades Básicas de Saúde já possuem esse tipo de serviço que visa dar maior agilidade no atendimento ao cidadão, sustentabilidade e melhor eficiência na gestão dos gastos públicos em saúde.

De acordo com o chefe de departamento de Processamento de Dados, Maxwell Pereira, esta ação é uma proposta de reestruturação dos sistemas de informação da saúde por meio da informatização do Sistema Único de Saúde (SUS) e objetiva a qualificação da gestão informacional para ampliar a qualidade nos atendimentos. “O método eletrônico irá facilitar a vida dos profissionais reduzindo o trabalho e agilizando uma série de processos. Os ganhos para o paciente, principalmente na questão da segurança e da precisão do diagnóstico, também são substanciais. Quando um profissional precisar acessar o histórico do paciente, os dados estarão armazenados em um prontuário eletrônico e serão disponibilizados em instantes”, explica.

A Secretaria de Saúde promoveu oficinas de capacitação para os profissionais de saúde de cada UBS do município para a operacionalização. Dentre os benefícios dos prontuários eletrônicos estão: a economia, a possibilidade de acesso às informações clínicas mesmo quando fora do consultório, além da garantia do envio de dados do município para o Ministério da Saúde, possibilitando os incentivos financeiros federais.  Quando o paciente dá entrada na unidade de saúde, todo o seu histórico clínico já estará disponível para o profissional que o atenderá de maneira personalizada, tornando o procedimento mais seguro.

Maxwel complementa que o sistema será muito benéfico para a rede municipal de saúde, uma vez que, dentre outras vantagens, irá permitir a integração entre os diversos profissionais. “Todos os envolvidos na linha de cuidados como médicos, fisioterapeutas, farmacêuticos, odontologistas, terapeutas ocupacionais, dentre outros, poderão acessar e registrar informações. É possível, assim, realizar um tratamento multidisciplinar de melhor qualidade”, complementa.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade