Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe influenza é prorrogada até 30 de junho

0

O Ministério da Saúde prorrogou a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe Influenza até o dia 30 de junho, em todo o país. A terceira e última fase teve início no dia 11 de maio, com prioridade aos grupos formados por pessoas com deficiência, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, professores e pessoas de 55 a 59 anos de idade.

Todas as salas de vacinação do município estão abertas para atender o restante da população que ainda não foi vacinado. Pessoas de todos os grupos prioritários ainda podem se vacinar.

Para se vacinar, as pessoas devem procurar unidade de saúde mais próxima de suas residências portando a caderneta de vacinação o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e documento de identificação. É fundamental que todos mantenham as medidas de prevenção contra o coronavírus: mantenham o distanciamento social, usem máscara e evitem aglomerações.

Coronavírus – A vacina é importante para reduzir complicações e óbitos por influenza. Ela não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, vai auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a COVID-19, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, vai ajudar a reduzir a procura por serviços de saúde.

Grupos prioritários

  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade;
  • Indivíduos com 60 anos ou mais;
  • Gestantes;
  • Puérperas (até 45 dias após o parto);
  • Trabalhadores da saúde;
  • Professores das escolas públicas e privadas;
  • Povos indígenas;
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
  • População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
  • Profissionais das forças de segurança e salvamento.
  • Pessoas de 55 a 59 anos de idade

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade