Campanha de Vacinação contra o sarampo é prorrogada até o dia 31 de outubro

0

A Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo, que encerraria na última segunda-feira (31), foi prorrogada até o dia 31 de outubro. Essa fase tem como público-prioritário pessoas de 20 a 49 anos de idade. A vacinação contra o sarampo será realizada independentemente da situação vacinal.

Para se vacinar, as pessoas devem se dirigir à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de suas residências portando a caderneta de vacinação e o cartão o Sistema Único de Saúde (SUS). E fundamental que sejam mantidas as medidas de prevenção contra o coronavírus: faça a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel, use máscara, evite aglomerações e mantenha a distância mínima de um metro e meio com relação às outras pessoas.

O que é o sarampo?

O sarampo é uma doença infecciosa grave, provocada por vírus, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente contagiosa, podendo ser contraída por pessoas de qualquer idade. É caracterizada por febre, inflamação das mucosas do trato respiratório, erupção maculopapular generalizada seguida por descamação. É importante lembrar que a única forma de prevenção é a vacina disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente a vacina que protege contra o sarampo está indicada:

Dose zero: Devido ao aumento de casos de sarampo em alguns estados, todas as crianças de 6 meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas (dose extra).

1ª dose: Crianças que completarem 12 meses (1 ano).

2ª dose: Aos 15 meses de idade, última dose por toda a vida.

Pessoas entre 1 e 29 anos de idade, com 1 (uma) dose comprovada da vacina no cartão de vacina, deverá completar o esquema vacinal com a 2ª dose da vacina.

Se a pessoa não tomou nenhuma dose da vacina, perdeu o cartão ou não se lembra:

De 1 a 29 anos: são necessárias 2 (duas) doses;

De 30 a 59 anos: apenas 1 (uma) dose.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade